Fique longe das doenças de inverno

Com a chegada do frio, é preciso redobrar os cuidados com a saúde porque algumas doenças se espalham com mais facilidade. Durante o inverno é muito comum o aumento das doenças respiratórias, como gripes e resfriados. E isso ocorre por três motivos: pela diminuição das temperaturas, pela baixa umidade do ar e pela concentração de pessoas em ambientes fechados, o que favorece a circulação dos diversos tipos de vírus respiratórios.

Os principais sintomas das doenças comuns no inverno são a tosse; a coriza; a coceira nos olhos, na garganta e, muitas vezes, na pele.

Os causadores dessas alergias variam muito, podem ser a queda da umidade, mofo, poeira, pólen, alimentos, tecidos, pelos ou penas de animais, por exemplo.

Tratamento

simbolos-inverno-1-150x150 Fique longe das doenças de inverno

Ao persistirem os sintomas de gripe, resfriado ou rinite, o ideal é procurar um serviço de saúde para um diagnóstico e tratamento adequado. A automedicação pode ser perigosa ao mascarar sintomas, contribuir para o agravamento da doença e dificultar o diagnóstico.

Lembre-se também que uma boa alimentação, repouso e, principalmente beber muito líquido são medidas fundamentais para uma boa recuperação.

Cuidados com a Higienização

simbolos-inverno-1-150x150 Fique longe das doenças de inverno

Os cuidados com a higiene, sem dúvidas, são importantes para a prevenção de doenças. E, no inverno, devem ser redobrados tanto para crianças, quanto adultos e idosos. Adotar hábitos simples como lavar as mãos com água e sabão frequentemente reduz em até 40% o risco de infecções e doenças transmitidas por vírus e bactérias, como as doenças do inverno (resfriado, gripe, conjuntivite, diarreia, hepatite e conjuntivite).

Cuidados com o ambiente

simbolos-inverno-1-150x150 Fique longe das doenças de inverno

Manter o ambiente limpo é fundamental para a prevenção de doenças respiratórias. Ambientes úmidos e frios, com tapetes e cortinas que podem acumular poeira e ácaros, favorecem a multiplicação de vírus. Então, fique atento e mantenha os ambientes limpos, arejados e iluminados com luz solar. Abra as janelas do ônibus e não deixe as crianças confinadas em locais fechados.

É melhor se agasalhar e ficar ao ar livre do que protegido e mais exposto a doenças.

Imunização

simbolos-inverno-1-150x150 Fique longe das doenças de inverno

A vacinação é uma das formas mais eficazes de prevenção contra diversas doenças, inclusive a contra a gripe. Segundo os médicos, a vacina não causa gripe, mas leva de quatro a oito semanas para fazer efeito. Por isso, o indivíduo pode ficar doente nesse período, mas a culpa não é da dose.

A vacina é disponibilizada nos postos de saúde pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para os grupos prioritários: idosos, crianças de 6 meses a cinco anos de idade, gestantes, profissionais de saúde, portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade. Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza vai de 23 de abril a 1º de junho.

Então, não perca essa oportunidade. Com uma única dose ao ano e adotando cuidados simples de higiene você encara o inverno com saúde.

Texto: Centro de Atenção à Saúde Promed
Fonte: Ministério da Saúde / Governo do Brasil / Hospital das Clínicas de São Paulo